Top
Image Alt

Rotas do Vento

Níveis de dificuldade de viagem

Os níveis de dificuldade procuram exprimir a dificuldade de uma viagem atendendo a factores de ordem física e de ordem psicológica.
Além da duração média das etapas de actividade física, o número consecutivo de dias dessa actividade tem influência na cotação.
Os níveis de dificuldade variam de fácil (nível 1, Sedentários) a exigente (nível 5, Desportistas).

Sedentários

Nível 1: Acessível a todos, sem esforço obrigatório.
Nível 2: Esforço diário até 4 horas por dia com diversas pausas para descanso. Estes programas podem até nem obrigar a esforço, ou somente a algumas caminhadas facultativas para visitar locais arqueológicos ou equivalentes. A menção de Breves Marchas Diárias normalmente significa que as caminhadas são facultativas.

Vigorosos

Níveis 3 e 4: Acessível à maioria das pessoas sendo essencial gozar de boa saúde e de espírito aventureiro. É desejável que já tenha praticado desporto mesmo que de forma irregular. Esforço diário de 5 a 6 horas. É acessível aos sedentários activos.

Desportistas

Níveis 4 e 5: Pessoas praticando actividade física com alguma regularidade. Marcha de 5 a 6 horas por dia, mas poderão existir etapas mais longas. Aconselhamos que se exercite com alguma regularidade até 15 dias antes da partida. Acessível aos vigorosos desde que se preparem seriamente e se encontrem bastante motivados.

 

Segundo a experiência com os nossos grupos, há a considerar que após uns 4 a 5 dias de actividade, você sentir-se-à gradualmente mais leve e com muito melhor capacidade para produzir esforço, ie estamos a ficar mais treinados! A sua recuperação diária desse esforço também se torna mais rápida, isto é, sentirá cada vez menos fadiga de manhã – isto é, se seguir as nossas recomendações que receberá nas informações de viagem antes da partida. Tal facto deve-se a que houve um treino efectivo durante esses primeiros dias e que irá desenvolver-se um pouco mais. Note que esta observação não é uma regra, nem uma garantia e que não se aplica a toda a gente de forma uniforme.

Num itinerário mais longo (8 a 15 dias de marcha ou em kayak), o nível de dificuldade é ponderado para exprimir também as dificuldades de ordem psicológica. Estas poderão resultar numa eventual perda de entusiasmo provocada por questões de conforto, de higiene, de alimentação e outras derivadas da mudança de estilo de vida. Por isso, afirmamos que mais importante que a sua condição física é o entusiasmo com que você assume o desafio de realizar uma destas viagens.

Subscreva a Newsletter Rotas do VentoDescubra novas oportunidades de viagem!