Rotas do Vento Rotas do Vento


Marrocos: As Grandes Dunas de Merzouga

Pontos de Interesse

A cidade de Ouarzazate;
A Estrada das Mil Kasbahs;
O Vale do Dadés e o Palmeiral de Todra;
Belas etapas a pé pelo silêncio do deserto;
As dunas de Merzouga;
As ruínas de um ksar em Mesk;
A cidade de Fés, onde pode visitar o famoso recinto das tinturarias de peles;
A cidade edificada dentro das muralhas - Meknés;
A cidade romana de Volubilis;
A capital de Marrocos, Rabat.


Introdução

Nos confins do leste do País, para lá do vale do Dadès e dos verdejantes palmeirais de Tizimi e de Erfoud, iremos caminhar sobre as grandes dunas de Merzouga hipnotizados por horizontes luminosos muito distantes.
Percorremos o vale do Dadès, conhecido pelas inúmeras kasbahs, grandes residências tradicionais fortificadas. Atravessamos o longo palmeiral de Skoura para visitarmos as impressionantes gargantes de Dadès e de Todra, cujas paredes de rocha se elevam 400m acima de nós. Apreciaremos também o passado guerreiro da região pelos enigmáticos ksour, aldeias dentro de muralhas com fascinantes vielas labirínticas estreitas e na penumbra.
As dunas de Merzouga situam-se perto da fronteira argelina e elevam-se uma centena de metros acima do deserto como se fossem montanhas. Iremos subir aos seus cumes e apreciar um soberbo panorama de deserto e de mesetas distantes. Junto dos poços encontraremos famílias de nómadas de pele escura, que pastoreiam rebanhos de cabras e de camelos e vivem em tendas de algodão negro.
Atravessamos o Atlas para norte e visitamos Fés, uma cidade imperial, que tem um dos souks mais fascinantes e pitorescos do mundo árabe! Nas suas vielas muito estreitas, plenas de agitação, encontramos todo o tipo de artigos alimentares e artesanais, deparamo-nos com ricos palácios, grandes mesquitas, esbarramos com curiosos burros carregados de sacos e sentimos uma diversidade de odores surpreendentes.
Antes de visitarmos Meknès e Rabat, iremos percorrer as avenidas da deslumbrante cidade romana Volubilis que exibe vários excelentes mosaicos, lagares de azeite, termas, palácios, templos e um grandioso arco de triunfo.


Em Viagem
Acordamos com uma agradável luz matinal, ao som da chaleira que anuncia um chá fumegante.
Depois de refazermos o nosso saco de viagem é o momento do pequeno almoço preparado pelos nossos cozinheiros: ovos, pão ou tostas, doce, manteiga, queijo, cereais, leite, chocolate quente, chá e café.
Deixamos o local de acampamento enquanto o pessoal ainda carrega a caravana de mulas (ou de camelos) que nos seguirá ao encalço. No fresco da manhã caminharemos calmamente ao longo de ribeiros e através de verdejantes vales cultivados com palmeirais e árvores de fruto, contemplando uma excelente paisagem de montanhas e saudando os nativos ocupados nos seus trabalhos agrícolas.
A meio da manhã faremos uma pausa para comermos frutos secos (figos, tâmaras, amêndoas, amendoins, passas) ou biscoitos.
De quando em vez faremos uma pausa para fotografar um monumento, para visitar uma aldeia ou uma kasbah, ou para nos refrescarmos num regato de águas límpidas.
A meio do dia paramos para uma refeição frugal, que consiste em saladas de tomate, pepino, alface, arroz, pimento com sardinha ou atum e ovo cozido (temperadas com especiarias, vinagre ou mostarda), queijo ou fruta, chá de hortelã.
Continuamos por zonas de pastagens onde não raro encontraremos nómadas berberes nos planaltos, acampados com os seus rebanhos, camelos e cavalos.
A meio da tarde montamos o acampamento junto a um curso de água para que você possa cuidar da sua higiene e o nosso cozinheiro utilizar água. As mulas são descarregadas e levadas para um local de pastagem, e as tendas são erigidas.
Enquanto o jantar é preparado você irá explorar as redondezas, ou contactar com as gentes locais, ou simplesmente repousar ao sol. No final da etapa é servido chá de hortelã com biscoitos.
O jantar será abundante e compreenderá sopa, tagine de legumes com galinha ou ovos, couscous, massas, arroz, batatas, lentilhas, chá, fruta ou queijo.
Entretanto o céu vai-se tornando estrelado e invade-nos o desejo de repousarmos na mornidão do saco-cama, que os mais ousados poderão instalar ao ar livre.


Marrocos: As Grandes Dunas de Merzouga

Preço: desde Eur 1120 por pessoa (voos incluídos).
Partidas: Out 29-Nov 5, Nov 5-12, Nov 12-19, Nov 19-26, Nov 26-Dez 3, Dez 3-10, Dez 10-17, Dez 17-24, Dez 27-Jan 3, Jan 7-14, Jan 14-21, Jan 21-28, Jan 28-Fev 4, Fev 4-11, Fev 11-18, Fev 18-25, Fev 25-Mar 4, Mar 4-11, Mar 11-18, Mar 18-25, Mar 25-Abr 1, Abr 1-8, Abr 8-15, Abr 15-22, Abr 22-29, Abr 29-Mai 6, Mai 6-13, Mai 13-20, Mai 20-27, Mai 27-Jun 3, Jun 3-10, Jun 10-17.
Dificuldade: 2


Sugestões de Programas Alternativos:
th_sphinxgiza_1351795316.jpg
Preço: desde Eur 1260 por pessoa (voos incluídos)
th_libia0023_1232325603.jpg
Preço: desde Eur 1860 por pessoa (voos incluídos)
th_marrocos0188_1324926381.jpg
Preço: desde Eur 960 por pessoa (voos incluídos)

th_kaunus_1429186995.jpg
Preço: desde Eur 2080 por pessoa (voos incluídos)
th_balloon_udiapur_01_1286450129.jpg
Preço: desde Eur 2660 por pessoa (voos incluídos)

th_eubryce005_1238294677.jpg
Preço: desde Eur 3860 por pessoa (voos incluídos)
th_jordania00025_1325883122.jpg
Preço: desde Eur 1790 por pessoa (voos incluídos)

Testemunhos
As Grandes Dunas de Merzouga, Marrocos