Rotas do Vento Rotas do Vento
Home  » Utilidades » Experiências de Viagem » Grande Travessia do Kalahari, Africa do Sul, Namíbia, Zâmbia, Botswana

Sossusvlei, Namíbia
Grande Travessia do Kalahari, Africa do Sul, Namíbia, Zâmbia, Botswana


Já fazia um tempo que eu queria escrever , para transmitir um pouco da minha viagem, apesar de muita coisa ser dificil de transmitir....
Foi chegar de uma viagem fantástica e no dia a seguir, ir para uma outra "selva" menos agradável, mas bem real.
A viagem foi longa, muita espera no aeroporto, principalmente quando se viaja sózinha... na vinda a espera foi amenizada com conversa com uma Italiana nas mesmas condições que eu, que fez uma viagem idêntica  mas passando por Moçambique e Malawi, e ela não ficou muito satisfeita, até mesmo com o avistar de animais na selva....
O nosso guia (o Lucky) foi uma pessoa espectacular, sempre bem disposta, animada, com um grande esforço de dar informação, mesmo quando não sabia na hora, procurava informar-se. O seu ajudante, também uma pessoa muito simpática e sempre pronta.
Houve uma reclamação a nível geral e que foi também transmitida num inquérito que nós preenchemos antes de partir, que foi em relação à alimentação. O pequeno Spitzkoppealmoço durante toda a viagem foi igual com pouca variedade, pouca fruta, e isso se fez sentir mais por pessoas do grupo que já tinham feito outras viagens e tinha sido melhor nesse aspecto, mas penso que a falha não seria do guia mas do operador...
Tirei fotos fantásticas que irei com certeza colocar no site. Da viagem toda, o dia mais duro foi o D7 o subir da Duna 45, (pois no dia anterior já tinhamos caminhado bastante), e caminhar (ida) 5km sob um calor enorme onde antes das 10h da manhã já fazia 38ºC, subir mais uma duna enorme, para chegarmos ao Vale Sossusvlei.
No final qundo lá cheguei , acho que estava tão "morta" como as árvores, foi puxado , mas uma experiência espectacular.... e depois mais 5km (vinda).
Alguns acampamentos tinham poucas condições, e outros, realmente bons, a experiência do acampamento selvagem, foi mais uma experiência diferente.
Em Spitzkoppe, no acampamento, veio a tribo de Damara, fazer umas danças, onde juntámos com outro grupo, mas é tudo muito "comercial " pois quando menos esperamos estamos a pagar por coisas que não esperávamos....
Uma sugestão que dou e pode ser util para próximos viajantes, é que afinal levar Euros, não serve de muito. Caí no erro de só levar euros e poucos dólares, os quais ao pagar o visto na Zambia (50 usdolares!!!!!!) eles olham mais para as notas do que para o passaporte, e as minhas notas não foram aceites, tive de pedir emprestado .... foi uma situação surreal, penso que seria para dar com todo o ambiente!!!!!, pois a alfandega , era um pouco sinistra.
Foi um pouco complicado com tanto dinheiro, a sugestão é : levar dolares americanos , no resto da viagem é fácil usar rand, pois é aceite nos outros países.
Uma cidade que fiquei desiludida pois pensava que fosse maior e mais desenvolvida foi Livingstone, o comércio nas cataratas de Vitoria , são Tribo Himbauma loucura...
Compensou a "molha" na Victoria Falls, e a descida ao Boiled Pot  de 700 m, haja degraus enormes!!!!, o ambiente era diferente uma selva tropical, e todo o percurso com bastante obstáculos de pedregulhos, passagem com água acima do joelho, mas depois  de molhada, nada importava....
A visita à tribo Himba , gostei muito... até quase no final da viagem tive a experiência de comer "Moppana Wimps" as quais ele chamam na giria de Caterpillers , que não é mais do que umas minhocas grandes que crescem na árvore Moppana e que são secas e meio salgadas, e que tive a coragem de experimentar...
Bem não vou alargar mais no meu testemunho, pois muito mais haveria para contar como devem calcular.
Adorei a experiência, e espero um dia poder ter uma nova aventura convosco!!!!!
Até breve,
 
Fernanda Cardozo
Maio 2009






Testemunhos